Holo Spa - Vale Encantado

Terapeuta On Line - Egídio Garcia Coelho

Distúrbios de Pele, A Causa!

ATENÇÃO:

Estou atendendo portadores
de “distúrbios na pele” e
outras patologias no
Holo Spa – Vale Encantado.

Tratamento Intensivo para identificação e eliminação da causa.

Agendar Consulta

Fones:
(48) 4052-9209/9982-3401 ou
(11) 3522-6943
holospa@holospa.com.br,
Skype: egidioimmb

Egídio Garcia Coelho
Parapsicólogo Holoterapeuta
CRT-37091

MATÉRIA DO JORNAL MUNDIAL – TV EUPOPEIA
(Matéria feita alguns anos antes do falecimento do Dr. Victor Souza)
PSORIASIS (PSORIASE), A CURA!

ANO 2.008 PSORIASIS (PSORIASE) A CURA, OBESIDADES, STRESS, DEPRESSAO, PERTUBAÇOES MENTAIS E ESPIRITUAIS, O FUTURO, A CURA PELA FITOTERAPIA.

ENTREVISTA DO JORNAL MUNDIAL AO ACLAMADO, A MAIOR AUTORIDADE EM FITOMEDICINA, TERAPIAS NATURAIS E FITOTERAPIA.
ENTREVISTAMOS EM BARCELONA NA ESPANHA, O TERAPEUTA NATURALISTA VICTOR SOUZA.
Aos 48 anos de idade, com aparência de 27 anos o Terapeuta naturalista Victor Souza, concede ao Jornal Mundial uma entrevista exclusiva, na qual trata de temas polêmicos, como a cura de doenças diversas e até as doenças incuráveis, através da fitomedicina, dos extratos de ervas medicinais, dos chás, das pomadas indígenas, das massagens magnéticas, da regressão a vidas passadas; Abordamos em especial, as doenças dermatológicas, psoríase, obesidade, depressão estresse, perturbações da mente entre tantas outras. O que seria este fenômeno chamado Victor Souza? Um paranormal? Um cientista da natureza? É o que vamos descobrir agora nesta entrevista exclusiva.

Dr. Victor Souza já é falecido e me presenteou seu Glossário de experiências medicinais indígenas, colhidas em alguns anos de convivência com índios. (Egídio Garcia Coelho)


PERGUNTAS DO JORNAL MUNDIAL E RESPOSTAS DO TERAPEUTA VICTOR SOUZA:

TEMA 1 – PSORIASIS
P: A Medicina no Brasil, diz que a psoriasis ou a psoríase é incurável, o Senhor diz ao contrário, com qual segurança o senhor pode afirmar que é possível curar a psoríase?
R: A resposta adequada seria bem mais complexa, porem, vou reduzi-la a termo; A cura da psoríase pela fitoterapia, não se trata de milagres, mas sim de fatos reais e concretos, a medicina tem usado tratamento a base de corticóides, que alem de causar grandes e desastrosos efeitos colaterais, é apenas paliativo, ajuda mas não cura; Já a Fitoterapia, tratamentos por plantas, ervas, extratos vegetais  são Eficaz, desde o principio do isolamento, no qual nasceram os principais medicamentos expostos no mercado farmacológico,porem, frutos  da mãe terra.

A dermatologia na medicina, ainda não se deu conta, que antes de criticar aquilo que não tem conhecimento, deveria ser parceira para o bem comum da humanidade, o grande mal dos “mestres” da medicina e da indústria farmacológica em especial lá no Brasil, é achar “que já sabem tudo e que ervas plantas etc., são frutos da imaginação e não tem poder curativo” é o pensamento da maioria, infelizmente, Claro que não são todos que comungam desta forma de raciocínio, temos muitos médicos brasileiros, que só trabalham com ervas medicinais e seus derivados, e são os que mais sucesso obtém nos tratamentos diversos.

Neste aspecto, há de se considerar os interesses das grandes indústrias farmacêuticas, que visam em primeiro plano os lucros incalculáveis, imagine por um momento, se o povo soubesse que um simples “chá caseiro de ervas” fosse o ponto final de sua enfermidade? Claro, seria o fim dos laboratórios gananciosos e preocupados somente com seus bilhões e não compromissados verdadeiramente com a humanidade.

Existem várias formas no tratamento e cura da psoriasis, é obvio que cada caso é um caso, pois são níveis diferentes da enfermidade, existindo inclusive, casos associados, como língua geográfica, pano branco, entre outras.

Os tratamentos pela fitoterapia da psoriasis se resumem em primeiro plano na educação alimentar. O paciente tem que ter o conhecimento e a consciência daquilo que se pode e daquilo que não se pode comer ou beber, pois muitos itens de alimentação, desencadeia uma reação negativa e imediata na pele do psoriasico, entretanto, e lamentavelmente os médicos em sua maioria não tem este conhecimento, pois este tema exige profunda investigação cientifica com visão de paracelço; Leve em conta que o psoriasico é alérgico a quase tudo, mas não sabe, e quando aflora as horríveis manifestações externas na própria pele, geralmente se entra em pânico, pois mal acredita no que vê e se pergunta: como é possível ter uma alergia naquela proporção, vindo do nada?  Ao ir ao médico em uma situação desta, recebe a resposta que não quer ouvir: Isto é psoríase e não tem cura, desencadeia pelo stress e fatores genéticos.

Neste instante, desaba o mundo na cabeça de uma pessoa portadora de psoriasis, Eu vejo que é neste momento que poderia se atribuir stress e não no momento anterior.
Penso que o meu “reduzir a termo” ultrapassou em muito para uma única pergunta, portanto vou dizer como se curar da psoríase “afinal é o que o seu leitor vai querer saber” (risos).

O tratamento efetivo é até simples; Como eu havia mencionado, deve-se equilibrar a alimentação com rigor, sabendo o que pode e o que não pode comer. Isto se faz necessário, para que durante o tratamento, as alergias e intoxicações alimentares não interfiram no êxito pleno do tratamento, (abaixo eu explano o que pode e o que não pode comer), deve-se ter ainda, grande cautela com o fígado nesta fase, daí, recomenda-se também, o uso do maravilhoso produto natural (erva) denominada QUINA (Nome Científico: Coutarea hexandra Schum. Família: Rubiaceae), que tem a venda até em cápsulas em qualquer boa farmácia das ervas ou casas de ervas.

O corpo deve sempre estar limpo (claro que a mente também, mas esta é uma outra parte), o sabonete de ervas específicas, lava o corpo como um verdadeiro remédio, agindo pela parte externa obviamente, destes sabonetes, na ausência de um múltiplo sabonete de ervas especificas (krenakore indígena) pode-se usar simplesmente um sabonete a base da erva BARBA-TIMÃO (BARBATIMÃO. Nome científico Stryphnodendron barbatiman Mart. Família: Fabaceae). Em seguida, superada a fase da educação alimentar, do corpo limpo, vamos a real parte tópica, qual seja o uso de extratos de ervas medicinais (liquidas ou em pomadas) para passar no corpo e eliminar a dermatose psoriasica, neste ponto é que se deve atenção especial, não se pode nunca, aplicar aquilo que acha que é bom, porque leu em algum comentário ou matéria aleatória, na falta de um fitoterapeuta, aplique apenas o extrato de assa-peixe (ASSAPEIXE. Nome científico: Vernonia grandiflora Less. Família: Asteraceae. Sinônimos botânicos: Lessingianthus grandiflorus). Isto, por si só, vai reduzir muito as escamações do corpo; Porem, o ideal que se busca, a cura, é atingida com o uso de um complexo de extratos de múltiplas ervas em especial a do caule Poty (desconhecido pela botânica) que é uma erva de conhecimento indígena e não do homem comum, cuja erva foi descoberta pela tribo Krenakore-poty das cordilheiras dos Andes.

Este mix de ervas indígenas (caule poty, potyguar, entre tantas outras ervas), consagrou o êxito na cura das enfermidades da pele, em especial, quando os índios elaboraram uma pomada que às vezes é um creme, com estas ervas e com a gordura de répteis (anaconda, lagarto etc.) cujos repteis tem propriedades de auto-regeneração da pele. Todos já sabem que a cobra troca a pele e o lagarto é capaz de se auto-regenerar algumas partes de seu próprio corpo e também a sua pele. Vale comentar, que os índios krenakores-poty, com os quais convivi na Selva e no deserto por 1 ano e meio, NUNCA matam os repteis mencionados. Eles aguardam o momento em que esses répteis trocam suas peles naturalmente e naquele exato momento, extraem a gordura, sem sequer feri-los, pois são tidos por eles, como sagrados.

Nasceu aí, a pomada krenakore, desenvolvida por índios, para índios, que chegou as mãos do homem branco com propósito de cura dermatológica, mas foi desviado para a vaidade, o rejuvenescimento, como um “cosmético” qualquer, razão pela qual, por dois anos os índios pararam de mandar este produto a alguns países inclusive ao Brasil, o que só foi restabelecido em novembro de 2.008, após centenas de reuniões e compromissos com a FARMACIA DAS ERVAS e os Krenakores-poty, pelo esforço do chefe Paraguayo JAIME ALMADA, e da índia (deusa para os indios) Potyra Krenakore. (Meu resumo foi muito grande)

P: E a psoríase capilar, tem alguma solução?
R: Sim claro, tem-se os shampoos e condicionadores indígenas de alta eficácia, bem como extratos correlatos, a base de ervas medicinais.

P: O QUE O SENHOR NOS DIZ, SOBRE ATENDER NO BRASIL?
R: Eu também atendo no Brasil, em consultas pré agendadas, em qualquer estado da federação, desde que agendada com muita antecedência, ou se eu estiver no Brasil, pois sempre visito amigos em São Paulo, Minas Gerais, Goias, etc.

P: Como uma pessoa interessada, poderia agendar uma consulta com o Senhor?

R: Basta que me escrevam por email no meu endereço eletrônico que é: TERAPEUTANATURALISTA@HOTMAIL.COM
ATENÇÃO: Dr. Victor Souza já faleceu!

P: Quanto custaria em media um tratamento supervisionado pelo Senhor, a um paciente lá no Brasil, por exemplo, e como seria este tratamento supervisionado ou direto com o Senhor?
R: O custo é relativo e dependem vários fatores, como por exemplo, disponibilidade de tempo, despesas com deslocamento, alimentação, hospedagem, situação do interessado etc., por esta razão, deixo de comentar o preço, mas comento da forma do tratamento:

Passo 01 – Primeiro a consulta onde vou avaliar o quadro físico e psicológico da pessoa.
Passo 02 – Relaciono quais alimentos e bebidas devem ser cortadas ou adicionadas, empregando desta forma a educação alimentar exclusiva na psoríase.
Passo 03 – Promovo a aplicação de extratos de ervas indígenas exclusivas para cada caso.
Passo 4 – Promovo o uso de chás medicinais e banhos especiais que o caso exigir.
Passo 5 – Promovo a aplicação de pomadas tópicas (todas elas de ervas medicinais), nas lesões mais afetadas.
Passo 6 – Promovo os ensinamentos indispensáveis ao paciente para seu dia a dia.
Passo 7 – Promovo a terapia associada se for o caso, da “sala” de energia, com florais, essências, e pedras magnéticas, bem como de massagens específicas com óleos e essências extraídos de ervas, plantas aromáticas indígenas.
Passo 8 – Vou até uma churrascaria, comemorar com o paciente a sua plena recuperação (rsrsrs).
Esta é a síntese, do tratamento de psoríase por um terapeuta naturalista de conhecimento especifico na matéria.

P: Não usa métodos de regressão ou coisa parecida??
R: Esta metodologia é exceção, só cabendo em casos agravados por distúrbios espirituais, o que é raro, mas não impossível.

P: Este tratamento é possível ser aplicado em atendimento domiciliar?
R: Sim, é possível, desde que o ambiente, contenha “harmonia” que em resumo, seja calmo, que a corrente magnética seja positiva, ou que antes, façamos no ambiente a ser usado, um equilíbrio das forças da natureza, (registro ao ensejo, não se tratar de misticismo, mas sim de equilíbrio de energias), para o sucesso absoluto da pretensão.

P: O que o Senhor pode deixar registrado nesta entrevista, que a pessoa com psoríase não pode ou pode comer e beber?
R: Boa pergunta, eu iria mesmo relacionar, vejamos:
Na ciência fitoterápica aplicada na psoriasis, não se pode admitir de forma alguma, sob pena de falha da terapia.

NÃO COMER:
Várias pessoas psoriásicas ou com quadro psoriasicos, são internamente alérgicos (POR DENTRO) a certas coisas e não sabem, daí, as reações na pele, portanto observe as reações em seu caso).

1- FAROFAS
2- Alguns casos são alérgicos e não sabem, aos REFRIGERANTES, VINAGRES, CANFORAS E A OLEOS DE COPAIBA. (álcool nenhum, nem cervejas, caipirinhas, vinho só no banho, etc.).
3- YOGURTES, DANONE, E OUTROS SEMELHANTES.
4- CARNES DE PORCO, SUINOS, PRESUNTO, MORTADELA, SALAMINHO, CARNES EM GERAL GORDUROSAS, DIMINUA OU ABSTENHA-SE DAS GORDURAS EM GERAL. (FEIJOADAS NEM EM PENSAMENTO)
5- PIMENTAS, (exemplo, as coxinhas, empadinhas, bolinhos, etc., que se vendem em padarias, especialmente os pastéis).
6- CHOCOLATES EM GERAL, (brigadeiro, bolos, doces, barras, ou seja, em qualquer de suas fórmulas, pois o chocolate desencadeia reação na pele em menos de 12 horas).
7- OVOS, nem em bolo, nenhuma mistura que tenha ovos, podem ser ingeridos, catchup, mostarda (é feita com ovos), tomate, alcaparras, maionese, vinagres, limão, laranja, abacaxi, peixes, morango, frutas ácidas, macarrão só sem ovos e sem molho de tomate, tem que ser alho e azeite virgem, CEBOLAS NEM PENSAR. (saladas sem óleo, sem cebolas, somente sal e pouco, pode usar azeite virgem).
8- SORVETES que contenham qualquer das composições acima.
9- PIZZAS, NEM PENSAR.
10- Salgadinhos químicos (de saquinhos) NÃO.
11- Em regra geral, não usar os ácidos, refrigerantes etc.

NÃO PODE BEBER:
a. Bebidas com álcool nenhuma, principalmente whisky.
b. Sucos ácidos.
c. Cervejas.
d. Suquinhos (sucos) químicos.

ALIMENTAÇÃO ADEQUADA:

COMIDAS – PODE COMER:
01- FIGOS – fruta
02- Funcho
03- Inhame (branco e roxo) cozido, em sopa, (não importa como) MUITO BOM.
04- Soja -de todas as formas
05- Aipo
06- Sementes de Linhaça e Sementes de Girassol (em qualquer forma)
07- Cítricos (os citrinos contem psoraleno, que é a propriedade que combate a psoriase).
08- Quando possível, um pouco de cloreto de magnésio PA, só faz bem.
09- Cenoura
10- Evitar ácidos, carnes. E DEVE USAR: SUCO DAS FOLHAS DO INHAME BRANCO E DO ROXO.
11- TRIGO EM FORMA DE ARROZ.
12- MILHO COZIDO.
13- SERRALHA E BETERRABA
14- Lisina (lisina é aminoácido que se encontra na batata, sojas e leveduras)
15- Na geral, verduras cruas, legumes, arroz, feijão, verduras cozidas, batatas só se forem cozidas (evitar as frituras) Peixe só a pescada branca (menos efeitos de alergia), frango cozido ou assado, fígado de boi, frito ou cozido e assim mesmo, com pouquíssimo óleo, macarrão sem ovos e sem molho de tomate, frutas a vontade, desde que não sejam as ácidas como, por exemplo, o abacaxi etc.(Batata e Soja, são ricos em Lisina “Aminoácido”).

PODE BEBER (PSORIASIS):
a. Todos os sucos naturais que não sejam ácidos e ÁGUA DE COCO.
b. Vinho de uva sem álcool.
c. Águas com gás ou sem gás, etc.
d. Na água, mesmo as filtradas em potes de barro,se deve acrescentar uma pitada proporcional de Magnésio PA.

INSETOS:

P: POR QUE EVITAR OS INSETOS?
R: Teria Um milhão de respostas, mas vou dar só uma: O Borrachudo transmite a Mansonelose, é um Parasita que se instala em Membranas Pericárdicas “Coração”, e no Sistema Nervoso Central, Os sintomas são Frieza nas pernas, Febres Intermitentes, dores de Cabeça, Dores nas Articulações e COCEIRA POR TODO O CORPO; (A doença em outros Países é transmitida por MARUINS ou Ceratapogonidae e no Brasil, por Borrachudos; ALIAS COMO SEMPRE, NO BRASIL NÃO É UMA DOENÇA OFICIAL, PORTANTO, A MANSONELOSE É APATOGÊNICA. Isto porque não entrei no detalhe dos demais: Barbeiro, Mosquito da Dengue, etc., etc.,.
A Alopatia “Não Natural” usa no Tratamento: Invermectina ou Dieticarbamazina.
Atenção: COMPLEMENTO MAIS QUE IMPORTANTE:
A)- Para se passar qualquer coisa no corpo (partes atingidas), somente com o uso de LUVAS CIRURGICAS. (para não espalhar a doença para as outras partes sãs, e mesmo assim, o corpo não pode estar suado, deve estar limpo e fresco).
B)- Dormir com roupas limpas e de manga cumprida e calça também, nunca enxugar o rosto ou qualquer parte do corpo, usando as mãos, os braços etc..
C)- Jamais coçar, isto alimenta a doença.
D)- Evitar toda a espécie de insetos
E) Nunca deixe a água que se lava a cabeça, escorrer pelo corpo.
F) Trocar as roupas de cama todos os dias
G)- Jamais se sentar em vaso sanitário com as bordas sujas (Alerta aos que “mijam” fora da bacia).
H)- Não tomar café; Coisas quentes nem pensar, Não beber álcool, NÃO FUMAR e FAZER EXERCÍCIOS.
I)- Se em alguma parte do corpo, começar a escorrer uma “Agüinha”, (água), coloque um lenço ou similar nesta parte, com pó de Tanchagem, Araruta ou Barbatimão, evite que esta água se escorra pelo corpo e jamais tente enxugar ou limpar com as mãos. (por isto se orienta a dormir com roupas de manga cumprida e calça, as pessoas têm mania de quando dormindo, passar o braço ou as mãos na testa, rosto etc., para “secar” e é justamente aí, que mora o perigo da propagação, a doença só não é transmissível, para quem não a tem).

OUTRAS ERVAS IMPORTANTES DE REGRA GERAL
NA PELE (COMPROVADO CIENTIFICAMENTE):

TANCHAGEM, (AS FOLHAS DE TANCHAGEM OU TARCHAGEM, É ANTIFECCIOSO, CICATRIZANTE E ANTIINFLAMATORIO, BEM COMO A BABOSA E O BARTIMÃO), ORELHA DE CACHORRO, (M KANIS SP), BARBATIMÃO E CALENDULA, TEEM ALTO TEOR DE TANINO (CICATRIZANTE).
OS “PODEROSOS” SÃO: O APERTA RUÃO, AMOR DO CAMPO, AMOR PERFEITO, ALFAZEMA, ALFAVACA ETC.

A MASSA DO ABACATE TEM NOTAVEL PODER CICATRIZANTE, O AMOR DO CAMPO É NOTAVEL TAMBEM EM HERPES E IMPINGENS, A ARARUTA SERVE PARA FERIDAS PURULENTAS E AINDA É CONTRA VENENO DE COBRA, E PARA TOMAR O IPÊ ROXO, IPÊ AMARELO, E TANSAGEM OU TANCHAGEM, SÃO COMPROVADOS; EIS QUE TOMANDO EM CHÁ MEDIANTE O COZIMENTO DAS CASCAS, SE OBTEM AÇÃO SOBRE AS CÉLULAS QUE CRESCEM DESODENADAMENTE.

O APERTA RUÃO SERVE AINDA, PARA BOCHECHOS EM LINGUA GEOGRÁFICA. O ZIMBRO É EXCLUSIVO PARA PSORIASE; A SALSA É SUPER PODEROSA, MAS TAMBEM EXISTE UMA INFINIDADE DE ERVAS ADJUVANTE, VALE LEMBRAR QUE O ASSA PEIXE E MATA CAMPO É A MESMA COISA.
A ARTEMISIA COMBATE VARIAS FORMAS DE MALÁRIA E JUNTO COM A ERVA DE SANTA MARIA E PITANGA, LIMPA TUDO (VERMES).
A UNHA DE GATO TAMBÉM É OTIMA PARA A EPATITE C.

NA EMERGÊNCIA EM COCEIRAS: (TRAPOERABA)
A referência à emergência em coceiras serve para aqueles, que ainda não começaram o tratamento pela fitoterapia e se encontram com excesso de coceiras, e neste caso exclusivamente, vá até a farmácia mais próxima e compre:

Um gel para passar no corpo (isto é só na primeira fase emergencial. Depois, inicie o tratamento fitoterápico, ou seja, sem químicas) – NOME DO GEL: metronidazol (fosfato de sódio monobásico anidro, metilparabeno, propilparabeno, carmelose sódica e água purificada), que é uma “pomada” gel, cuja indicação original, é para uso vaginal, mas tem efeitos socorrista nesta emergência e custa no máximo R$ 7,00 (sete reais). Use em todo o corpo doente, e tão logo decorrido esta emergência, inicie o tratamento a seguir. As coceiras, somem com um único banho de ervas. (ERVA TRAPOERABA)

P: QUAIS ERVAS MEDICINAIS, SÃO INDICADAS PARA BANHOS E CHÁS NA PSORIASIS?

R: AS ERVAS CHAVES: Raiz aquifolium de mahonia (extrato)
Mais:
1- Folhas de feijão Andu – Banho e chá (Cajanus cajan)
2- Calêndula Flor – Banho e chá (Calendula officinalis)
3- Cipó de São João (Erva de São João) Banho e chá (Pyrostegia venusta Miers)
4- Mama Cadela (Mamíca de Cadela) Banho e chá (Brosimum guadichaudii Téc.)
5- Pomária (Magnólia) Banho e chá (Michelia champaca)
6- Arnica Banho e chá (Arnica montana)
7- SERRALHA (salada e Chá) (Sonchus oleraceus)
8- Angélica (Banho e Chá) (Angelica archangelica)
9- Bisnaga (Ammi Visnaga)
10- Assa-peixe (banho) (Vernonia grandiflora Less)


P: FALE SOBRE UM BANHO DE ERVAS MAIS SIMPLES NA PSORIASE!
R: Junte uma mão cheia de cada tipo das ervas a seguir, e as fervam, quando morna, banhe-se com elas (a água com o que se extraiu das ervas) e deixe secar no corpo:
Ervas para banho: Unha de gato, carobinha, barbatimão, erva de São João e erva Assa-peixe. (podem ser as ervas frescas ou secas (desidratadas, em pó, em ervas, em cascas, em raízes, talos, folhas, flores, caules, etc.)


NOTAS IMPORTANTES DO JORNAL MUNDIAL:
O terapeuta Fitoterápico Victor Souza, é Coordenador da Organização Internacional Fitoterapia Sem Fronteiras (Os Médicos da Natureza) (OIFSF) com sede em Ombrero – Paraguay, sob a Presidência Atual de Gustavo Gauto, e sempre teve apoio da U.N.AC.E. (Unión Nacional de Colorados Éticos), Sendo que foi Instituída na Gestão General Lino Oviedo, a quem Presto Minhas Homenagens.

A Missão Principal da O.I.F.S.F. (Organização Internacional Fitoterapia Sem Fronteiras), como o próprio nome já diz, é cruzar as fronteiras de qualquer parte do planeta, para ajudar os doentes desenganados pela Alopatia ou pela Ciência “Conhecida”, com o emprego da FITOTERAPIA, bem como, da “conhecida” MEDICINA ALTERNATIVA.

TERAPEUTA NATURALISTA (FITOTERAPICO) VICTOR SOUZA

Contato: Dr. Victor Souza já é falecido e me presenteou seu Glossário de experiências medicinais indígenas, colhidas em alguns anos de convivência com índios. (Egídio Garcia Coelho)