Centro Holístico de Eventos e Tratamento Terapêutico – Contato: Plantão (48) 9982-3401 – Rancho Queimado-SC (48) 4052-9209 – São Paulo-SP – (11) 3522-6943 – Porto Alegre-RS (51) 4063-9477

BRINCOS, PIERCINGS E TATUAGENS

Holo Spa - Vale EncantadoTerapeuta On Line

HOLO SPA – Vale Encantado

Biomagnetismo Médico
(Medicina do Futuro)!

BRINCOS, PIERCINGS
E TATUAGENS!

 SOBRE A QUESTÃO DO USO DE BRINCOS E PIERCINGS E TATUAGENS

Origem do hábito de se usar brincos – Na antiga China os príncipes se casavam com meninas entre 12 e 13 anos. As jovens esposas eram praticamente crianças e seus ovários ainda não estavam amadurecidos para gerar filhos. Por essa razão, sacerdotes que praticavam Acupuntura introduziam uma agulha de ouro no pavilhão da orelha para amadurecer as gônadas. O fato de as pequenas princesas aparecerem em público com aquele adereço na orelha despertou a vaidade das demais mulheres, que passaram a imitá-las, e o brinco virou moda.

Vale ressaltar que, no início, a agulha era colocada por sacerdotes que conheciam os efeitos provocados por aquele objeto de metal no organismo das jovens esposas. Com o passar do tempo o uso de brincos foi se popularizando e hoje é usado de forma indiscriminada e nas mais variadas regiões do corpo auricular (orelha). Estes objetos cruzam certas zonas de força e podem provocar distúrbios orgânicos dos mais variados. A perfuração com metais pode interromper ou acelerar o fluxo energético em determinadas regiões do corpo e provocar enfermidades graves.

Por vezes, a pessoa coloca um ou vários brincos e passa a sentir sintomas que antes não sentia, sem se dar conta de que isso é resultado do uso, em região inadequada, desse objeto perfurante.

Se você já decidiu colocar piercing ou outro adereço qualquer, pense na possibilidade de consultar um especialista no assunto, um acupunturista que saiba o ponto que não lhe trará riscos à saúde. Aliás, ter noção de Acupuntura é indispensável para um bom aplicador de piercings.

Fonte: http://br.geocities.com/terapiaz/acupuntura_page1.html#brincos

Mapa Auricular

BRINCOS, PIERCINGS, TATUAGENS

Usar ou não usar?

NO ASPECTO FÍSICO:
Se o brinco for colocado na região da orelha da parte da visão ou dos olhos (que é o que geralmente acontece) é totalmente prejudicial! Com certeza a pessoa terá futuramente a visão afetada!

Em relação ao “segundo furo” (como chamam) na orelha, também tem um ponto relacionado à tensão. E se colocado ali irá gerar problemas… Mas os brincos, se devidamente colocados (ou seja, sem pegar pontos de acupuntura) na região do lóbulo, não são prejudiciais… Mas se as pessoas continuam insistindo e colocando brincos em toda orelha, não imaginam o mal que estão causando a si. Isso afetara toda a parte de coluna, futuramente. É prejudicial! Não é indicado!

Quanto aos “piercing” são totalmente prejudiciais! Não importa em que parte do corpo: fazem muito mal! “Desequilibram”, digamos assim, toda circulação da energia nos meridianos de acupuntura. São como barreiras… Ou represas que interrompem o fluxo natural da energia. Isso vale para as tatuagens!

NA PARTE ESOTÉRICA OU OCULTA
As DEUSAS usam brincos. E brincos lindos. Maravilhosos!
Não usam piercings e tatuagens…Isso de jeito nenhum.
Agora só para comentar…Algumas usam um pequeno “diamante ou brilhante” (ou pedras que nem imagino o nome) bem na região do 3º olho.

JAMAIS tatuagens e coisas assim…
Em relação a nós, simples mortais, uma tatuagem é um desrespeito ao nosso templo…Que é nosso corpo. É uma agressão… E não “combina com a harmonia” que deveria irradiar de nosso corpo. Não deve ser feito.

Em relação a homens usarem brincos. Sinceramente, ainda não vi nenhum Mestre de brinco.
Claro que no mundo físico, no passado, até existiram certas “marcas” secretas… Mas tinham uma finalidade especial… E não eram exibidas nunca… Nem de longe poderiam ser comparadas a tatuagens modernas…

Sempre lembrar que qualquer “adorno” usado deve estar em “harmonia” com nosso corpo… Com a “natureza”. É preciso sensibilidade para saber entender isso. Saber ouvir o que nosso corpo diz…

As vezes muitas mulheres nem se sentem bem com determinadas roupas, acessórios, etc….Mas usam porque “está na moda”.

Isso não esta em “sintonia” com seu corpo… E continuar usando também não deixa de ser uma agressão ao templo…

E se queremos seguir o Caminho de verdade devemos começar a prestar atenção nessas questões. O mesmo vale para perfumes fortes… Maquiagem “carregada” etc…

Karl Bunn
Fundasaw

23 Comentários

  1. Oi queridos!
    Estava procurando na internet, informações sobre pontos ideias para furos na orelha, pois estou querendo fazer mais, e achei sua reportagem. PARABÉNS, ótima matéria… Saudades de vocês!
    LU PERES

  2. Olá! Sou formada em acupuntura, massagem e técnicas e terapias milenares Chinesas, e gostei muito deste artigo! Até divulguei no meu formspring para as milhares de pessoas que me perguntam sobre piercings, tattoo’s ou alargadores na região auricular. E é sempre a mesma resposta que eu dou: Não façam modificações nos seus corpos, pois isso afetará os sistemas dos meridianos do corpo e entre outras coisas, como você disse acima na matéria. Acho incrível o sistema do nosso corpo, admiro MUITO a Tradicional Medicina Chinesa e como cursei com o meu Mestre de Kung Fu, que é terapeuta formado na mesma área de terapias milenares chinesas, tenho certos conhecimentos sobre a mesma e acho muito errado realizar alterações no nosso corpo. Pena que, quando eu era pequena, aos meus 6 meses de vida, minha mãe furou as minhas orelhas, no lóbulo, como todas as mães fazem nas filhas quando pequenas, para simplesmente ficar “engraçadinha” … Mas no meu decorrer dos anos, aos 7 ou 8 anos, eu fui afetada na visão, contraindo uma forte Miopia. Comecei à usar óculos desde pequena, e uso até hoje, e a minha miopia ainda permanece, subindo o grau até hoje, e atualmente estou com 6,30 em cada olho. Além de miopia eu também possuo Astigmatismo. Pois é, isso eu tive em consequência dos brincos que minha mãe colocou em mim quando pequena, tenho certeza disso! E esse era o recado que eu queria deixar para o pessoal que entra aqui e meio que “desacredita” do assunto dos meridianos, desse sistema tão poderoso do nosso corpo. Não usem piercings, tatuagens ou alargadores (os piores), eles afetam DEMAIS o nosso corpo, desequilibrando muito a circulação de energia nos meridianos de acupuntura. Kerolyn

  3. Ainda não tinha tido a necessidade ou vaidade, mas resolvi usar um brinco, sou muito feminina mas não tinha paciência pra usar um penduricalho na orelha, mas aos 32 anos furei, então eu inconscientemente estava certa. E agora se eu não colocar um brinco resolve???pq ainda estou com o brinquinho da farmácia aquele que não infecciona. Obrigada…

    Resposta:
    Oi Diana!
    Somos gratos pelo seu contato.
    Quanto ao brinco, preciso ser bem sincero contigo!
    Dependendo do teu desenvolvimento espiritual (nada a ver com religiosidade), colocar ou não o brinco, será indiferente.
    No entanto, saiba que sutilmente haverá uma movimentação e saturação de energias no metal dos brincos que afetarão principalmente a região dos olhos.
    Quanto ao furinho, trata-se de uma pequena lesão que será corrigida com brevidade pelo organismo.
    Ressalto também que a vaidade com o desejo de fazer o que fazem a maioria das mulheres, se não atendida, pode trazer sentimentos de privação também prejudiciais.
    Por isso, falei antes sobre sua real situação no desenvolvimento espiritual, pois temos tendência a trocar uma irreverência por outra, quando deixamos de atender um desejo que brota da superficialidade mundana.
    Este assunto é delicado, mesmo assim, espero que tenha conseguido entender, sem que me estenda muito na resposta.
    De qualquer modo, sinta-se a vontade para retornar se precisar mais esclarecimentos…
    Bjs na alma/Egídio

  4. Egídio Garcia Coelho, parabéns pelo seu site!!
    Encontrei o seu site por acaso… Na verdade foi pelo google. Eu estava procurando uma imagem dos pontos vitais da orelha e graças a Deus encontrei o seu site. Nossa, muito informativo mesmo!
    Bom eu ultimamente ando com a visão muito ruim… Não enxergo de longe, e sei que eh curável através de métodos naturais, pois a 2 dias me massageio sozinho na cabeça e na orelha..e hj de manhã estava jogando video game sem os meus óculos..claro que não estava 100% nítido, mas eu senti muita diferença comparado a 2 dias atrás .. Eu lembro de ter lido alguma historia ou notícia de um senhor que sofria de alguma doença na visão..que através da massagem se curou e vinha curando muita gente com problemas na visão..era um texto de resposta do site yahoo-resposta..mas não tinha a fonte nem citava nomes para mim pesquisar..Dai resolvi procurar uma imagem indicando o ponto dos olhos na orelha e como já disse aqui estou.
    Olha, desculpa pelo meu texto todo mal escrito, é que moro no Japão a 10 anos. E é isso ai, forte abraço!!

  5. Adorei a matéria e principalmente suas respostas tão gentis. Tenho alguns furos nas orelhas e acredito que nunca me causaram problemas. Tinha conhecimento dos meridianos corporais e auriculares, mas confesso que não sei exatamente onde são. Resolvi fazer mais dois, e após uma consulta com um médico ayurveda foi desaconselhada a manter um piercing colocado na região do meridiano da lombar. Depois de tudo que li por aqui e nas crenças que possuo DEFINITIVAMENTE os novos furos não permanecem, quanto aos antigos vou verificar e provavelmente desativar algum deles. Grata, namastê. Ana

  6. Olá, tenho uma coisa que preciso dizer aqui para q vc possa ver e q os outros q se manifestam em seu site tbm vejam, não vejo o pq de elas não furarem a orelha, como não vejo problema nenhum em furar qualquer parte do corpo, penso assim sobre tatuagens, em meus anos de vida, nunca vi alguma tese ou provas escritas e feitas de que prove q ao colocar um brinco ou um piercing na orelha interfira na nossa saúde futuramente. Vc disse acima no seu artigo que pessoas que furam a região dos olhos segundo o mapa da orelha, terão mais pra frente problemas nas vista, até aí tudo bem, mas como provar que isso é verdade sabendo q até qm nunca furou a orelha terá problemas piores na vista? Como provar q tem algo relacionado a partes do corpo sabendo q mesmo até qm nunca pensou em furar a orelha terá no futuro problemas nas mesmas? Estou escrevendo isso representando todos que conheço que são adeptos a essa arte e que, até hoje, não sofreram nenhuma conseqüência. Sobre a moça que teve mudança de humor depois de fazer um furo na orelha, não acho que esteja relacionado ao brinco e sim por alguma coisa que mudou na vida dela que fez com que ela ficasse assim, mudanças psicológicas acontecem em todas as pessoas todos os dias e em todo o mundo e o melhor jeito de se tratar isso é no psicólogo =). Última coisa, JAMAIS, NUNCA ou PROIBIDO para esse tipo de coisa não existe,não adianta falar que é uma agressão ao nosso corpo pq não é, se fosse teriamos q passar por uma cirurgia para tirar todas as pintas q temos no corpo =p, seriamos proibidos de tomar sol pq escuresse a pele e coisas assim e se vc tem um estilo que combina com eles, pq não usar e abusar, se supostamente a pessoa é rockeira, sem definir qual o gosto de rock q ela curte gostaria de colocar um piercing, se estiver combinando, ou em harmonia com oq ela veste e curte não tem pq não usar^^. Simplificando para não ficar muito enjoativo de ler, se vc for em lugares especializados, que toma todas as condições de higiene precisas, está tudo bem e não tem pq não colocar.

    Resposta:
    Expressamos gratidão pela sua manifestação…
    Nada como um dia após o outro!
    Um dos maiores presentes que desfrutamos é o livre arbítrio e cada um deve ser mesmo o dono da sua vontade.
    No entanto, a vida é uma escola e tudo a seu tempo será esclarecido.
    Respeitamos o tempo (desenvolvimento) de cada um, pois de tudo na vida o que vale mesmo são os resultados e por isso, buscar a verdade é e sempre deverá ser uma incansável jornada.
    Estagnação de desenvolvimento é pior que a morte e acreditamos que a forma mais sensata é o questionamento, pois acreditar simplesmente nos outros é sinônimo de comodidade.
    Assim, estudar, pesquisar, experimentar, trará seguramente as melhores respostas e por fim os resultados alcançados, mostrarão se com o livre arbítrio, houve ou não, escolha coerente na jornada.
    Encontrei muitas respostas na sociedade teosófica e com a prática, virão os resultados…
    Abraços/Egídio

  7. E quem tem piercing e resolve tirar? Tá tudo certo? Tem problema? O problema continua? É interessante esse assunto!!!!!
    E com a tatuagem? É a mesma coisa?
    Cel

    Resposta:
    Oi Cel!
    Agradecemos sua visita e manifestação…
    É precisa deixar claro que uma pessoa quando resolve alterar seu visual, mutilando o seu corpo, mesmo que em proporções pequenas é devido a conflitos interiores que a levam a fazer alguma irreverência.
    Em tudo existe o lado positivo e negativo. Tal irreverência se faz necessária para protestar sobre a pedagogia arcaica e tendenciosa que nossas lideranças nos impõem, visando formar consumidores impulsivos e eleitores inconsequentes.
    A verdade mora dentro de cada um, e pessoas mais sensíveis são sufocadas pelos enquadramentos que tiram a liberdade de ação, fazendo com que os talentos fiquem reprimidos. Assim, algo precisa ser feito em tempo para que se possa manter o controle. Por isso, quem veio a fazer uma (ou mais) tatuagem ou aplicar piercing, deve ter consciência de que seu espírito está inquieto e não se acovardou diante das imposições do meio, porém, precisa usar da sua superioridade a seu favor, canalizando forças e inteligência para fazer uso da conveniência, uma vez que está no mundo físico e precisa conviver em sociedade, ser dono da sua vontade, assumir responsabilidades, prover-se das suas necessidades básicas e ainda pagar suas contas geradas com alimentação, moradia, roupas, estudos e por aí a fora…
    A irreverência em exagero, poderá gerar represálias, perseguições, isolamentos e muito mais. Assim, a coerência está acima de tudo, sendo o caminho mais curto para o discernimento, um mergulho interior, visando encontrar a verdade, já que não habita nos ensinamentos superficiais das escolas e muito menos no mundo acadêmico. Sabemos que o mundo acadêmico é indispensável, dentro da competitividade do mercado e também para abrir caminhos nas pesquisas que a verdade exige, no entanto, dependendo da missão que se tem nessa jornada no mundo físico tridimensional, se fará necessário romper muitas barreiras filosóficas, culturais e religiosas…
    Com relação às suas perguntas, saiba que na construção de um prédio, os materiais fundidos na alvenaria, ficarão para sempre e uma vez detectado irregularidades, caberá ao engenheiro responsável pela obra, encontrar soluções para o reparo, pois é de sua responsabilidade e dever na profissão que escolheu. Logo, você como arquiteto e engenheiro responsável pela sua obra (existência terrena), se aprender a mergulhar com profundidade no seu interior, seguramente encontrará com naturalidade as providências a serem tomadas, visando amenizar e quem sabe até, transformar os efeitos de tal mutilação em benefícios nessa desafiante e gratificante jornada cheia de desafios.
    Dentro da visão holística, tudo está ligado com tudo e uma vez que tenha sido feito algo, devemos considerar que se fez necessário, embora possa estar fora da nossa compreensão.
    Assim, vamos seguir em frente e levar a vida com pureza de intenções, vivendo o presente sabiamente e intensamente, tendo consciência de que o passado é virtual, apenas fruto da memória, assim como o futuro que é também, fruto da imaginação e se concretizará segundo os méritos, conquistados em ações do presente.
    Se precisar de mais esclarecimentos retorne…
    Abraços, paz e bênção
    Egídio Garcia Coelho
    http://radiowebimmb.com.br

  8. Falando de um aspecto médico comprovado cientificamente, tudo aqui escrito não pode ser devidamente provado. Caso fosse nenhum conselho médico no mundo iria fazer vista grossa, pois isso seria sim um grande problema. Enfim, falo por experiência própria , sei do que falo pois estudei pra falar. Obrigado e bons furos em suas orelhas.

    Resposta:
    Olá Leonardo!
    Expressamos nossa gratidão pela sua visita e manifestação em nosso site e achamos importante que cada ponto de vista possa ser aqui livremente exposto.
    Em se tratando de experiência, falando como acupunturista (acupuntor), estudante que sou há cinco anos, digo que a classe médica hoje, já tem diferente conceito sobre os mistérios da acupuntura, tanto que recebo muitos pacientes por indicação de médicos conhecidos e que também se utilizam dos nossos serviços para manutenção da saúde.
    Com relação à aurículoterapia, venho aplicando também com freqüência, podendo destacar o tratamento para resfriados, enxaquecas, dores na coluna, dor de dente, ansiedade, diminuição de apetite e equilíbrio do fluxo de energia dos meridianos que resulta em profundo relaxamento e regeneração no organismo. Assim, tirem suas conclusões, quem aleatoriamente se acha preparado para desafiar tais conhecimentos, porém, como parapsicólogo que sou, tenho conhecimento de fenômenos dos mais diversos como, por exemplo, pacientes terminais de câncer com falência generalizada de órgãos que misteriosamente (ativando os mecanismos da fé), se recuperam com poucas e até, sem nenhuma seqüela. Logo, seguramente algumas (poucas) pessoas poderão desafiar os milenares conhecimentos orientais (enchendo-se de furos) sem efeitos colaterais, porém, achamos prudente passar tais informações para que nossos leitores possam ter consciência de que fenômenos são raros e nunca servirão como exemplo generalizado.
    Abraços
    Egídio Garcia Coelho
    Parapsicólogo Holoterapeuta
    CRT 37091

  9. Oi gente!!! Eu tenho tudo furado!!!! Nossa, eu comecei furando a orelha, aí quando dei por mim já parecia um cuador!!!! Mas continuo de boa saúde galera!!! Furem-se!!!!

    Resposta:
    Expressamos nossa gratidão pela sua visita e manifestação em nosso site…
    Lamentamos, no entanto, que a exemplo de outras pessoas que por aqui passam subestimando ou criticando tais informações, esquecem ou omitem seu e-mail, evitando receber respostas fundamentadas que possam desafiar seu pragmatismo.
    Veja no link “Resposta ao Leonardo (omitiu seu e-mail)” nosso parecer, dentro do que nos foi permitido até aqui compreender sobre o assunto, deixando bem claro que se trata de nossa verdade, até que por experiência ou conspiração universal, quem sabe, sejamos convencidos de que somos apenas mais um grupo de equivocados sinceros.
    Abraços
    Egídio Garcia Coelho
    Parapsicólogo Holoterapeuta
    CRT 37091

  10. gostei muito desse site que reafirmou as minhas convicçoes, pois vejo o brinco e os piercings como coisas futeis por isso jamais terei a coragem de colocar algo dessa natureza em alguem que tanto amo.

  11. ola gostaria de saber então se posso fazer o segundo furo, se existe especialista para esse trabalho sem que eu sofra, que cria massinha em volta do furo.
    Resposta:
    Olá Cristiane!
    Sempre nos sentimos honrados ao receber visita e manifestação em nosso e por isso, somos gratos.
    Quanto ao seu segundo furo o que podemos dizer é que o conveniente seria nunca ter existido o primeiro, porém, na história humana a ciência mundana sempre desafiou as leis divinas e seguramente algumas pessoas possam se julgar capazes de estudar uma especialização, visando amparar esse comércio distribuidor de furos e adereços pelo corpo de maneira sadia.
    Verifique no link “Resposta ao Leonardo” que vai encontrar nosso parecer e pedimos desculpas por desconhecer alguém capaz de proporcionar furos extras com segurança.
    Abraços, paz e bênção
    Egídio Garcia Coelho
    Parapsicólogo Holoterapeuta
    CRT 37091

  12. Achei o artigo muito interessante… Mas tenho uma coisa a dizer… Conheço um maestro muito bom e muito conceituado com vários brincos e tatuagens… XD
    Resposta:
    O importante mesmo é que cada um possa se encontrar, buscando no seu interior a orientação para seguir sua jornada. Porém, as pessoas ficam tentando preencher seu vazio, fruto de conflitos internos, com alternativas das mais diversas encontradas no externo. O que se pode encontrar no externo sem que nada seja feito para transformar o interno é efêmero e tem efeito temporário. Por isso, nascem as obsessões que podem geram mais conflitos… Sonhamos multiplicar pessoas que despertem suas consciências, desenvolvendo potencialidades a ponto de deixarem de lado a irreverência para a auto realização. Qualquer artifício utilizado para chamar a atenção, demonstra carência e necessidade de sugar energia para preencher um vazio que corroem as entranhas, provocado quase sempre pela pedagogia imposta em nossa educação, planejada para manipulação do poder. Pessoas mais sensíveis fazem uso da irreverência também pra protestar, mesmo que inconsciente. Aqui temos o compromisso de passar informações, auxiliando no que consideramos importante, visando induzir leitores ao mergulho para dentro de si, onde brilha a centelha que ilumina a sua jornada. Viver na superficialidade é deixar-se guiar pelos outros….
    Abraços, paz e bênção
    Egídio

  13. “NA PARTE ESOTÉRICA OU OCULTA
    As DEUSAS usam brincos. E brincos lindos. Maravilhosos!
    Não usam piercings e tatuagens…Isso de jeito nenhum.
    Agora só para comentar…Algumas usam um pequeno “diamante ou brilhante” (ou pedras que nem imagino o nome) bem na região do 3º olho.

    JAMAIS tatuagens e coisas assim…
    Em relação a nós, simples mortais, uma tatuagem é um desrespeito ao nosso templo…Que é nosso corpo. É uma agressão… E não “combina com a harmonia” que deveria irradiar de nosso corpo. Não deve ser feito.

    Em relação a homens usarem brincos. Sinceramente, ainda não vi nenhum Mestre de brinco.
    Claro que no mundo físico, no passado, até existiram certas “marcas” secretas… Mas tinham uma finalidade especial… E não eram exibidas nunca… Nem de longe poderiam ser comparadas a tatuagens modernas…”

    Tudo que é dito aqui é baseado em conceitos ocultos,espirituais e opiniões pessoais.

    enfim, deve ser respeitado a opinião de cada pessoa e se for criticar para o bem dessa pessoa e não para diminuí-la perante alguém ou apenas pra se sentir maior, usando um ponto de vista pessoal, saiba usar as palavras ao invés de simplesmente perder minutos de sua vida falando mal de pessoas que fazem coisas que, segundo alguma lenda ou sua própria opinião, não é certo.

    Existem exageros, sim, uma pessoa encher a orelha de furos, ou querer bater recordes é um exagero, mas existe o preconceito daqueles que são exageradamente conservadores ( ser conservador pode não ser um elogio 😉 e apesar de não parecer, furos ou desenhos no corpo não mudam o caráter de uma pessoa.
    Os árabes/ marroquinos/ iraquianos ,por exemplo, vivem em medinas, tem costumes de adorar seu deus durante o dia inteiro, não tem furos, cobrem todo o corpo, só fazem sexo após o casamento, e alguns tem o costume de mutilar as meninas logo ao nascer retirando o clítolis, por exemplo, segundo eles não se deve ter prazer, o sexo é apenas um meio de procriar.
    alguns, os homens-bomba se suicidam levando com eles pessoas inocentes.

    As pessoas são muito mais do que os olhos podem ver.
    o preconceito é um defeito de pessoas que tem muita opinião com base em pouco conhecimento, e quando se trata do ser humando não existe conhecimento suficiente para compreender.

  14. Gostei muito do seu artigo!, nao sabia que na orelha temos tantos pontos que influenciam em nosso corpo, bem assim como Filipe gostaria de colocar um brinco em minha orelha e, vendo o mapa auricolar vi que existe locais que nao apresentao pontos de interferencia no organismo, logo, posso colocar o brinco em tal regiao sem afetar minha saude?

    Olá Alexandre!
    Ficamos gratificados com sua visita…
    Com relação a sua pergunta, podemos dizer cada pessoa tem sua anatomia única e nunca chegaremos através de um desenho a uma precisão capaz de generalizar a localização dos pontos. Assim, talvez um acupuntor experiente, pudesse vir a encontrar na sua orelha pontos de neutralidade, porém, qualquer lesão e interferência de um corpo estranho (piercing/metal) no organismo, será sempre prejudicial.
    Vale ressaltar, no entanto, conforme já exposto em respostas anteriores que a satisfação de expor uma alegoria (enfeite), que é um ato de irreverência, pode resultar positivamente, tendo em vista o risco de extravasar com atitudes mais radicais, ainda mais prejudiciais…
    Para entender melhor, evitando uma extensa resposta, fica a sugestão de reler atentamente os conteúdos anteriores aqui publicados.
    Abraços, paz e bênção
    Egídio Garcia Coelho
    Parapsicólogo Holoterapeuta
    CRT-37091

  15. Olá Déia!
    Como você mesmo disse, causou um estrago. Porém, saiba que foi apenas uma consequência, porque o mais grave na verdade, foi a inquietude que a levou a mutilação. Logo, prefiro acreditar que tal estrago, foi ainda menor do que seria, se eventualmente você não tivesse optado pelos furos para amenizar sua irreverência. Nosso corpo é um templo sagrado do Divino, mas também é veículo para transportar nosso denso espírito na busca do desenvolvimento aqui no mundo físico tridimensional. Nossa ignorância em busca de felicidade no mundo externo, procura preencher de alguma forma o nosso vazio interior… Sistematicamente, nossas lideranças omitem os caminhos seguros, fazendo manipulação das massas e manutenção do poder.
    Sua chegada aqui, mostra que tem méritos para se encontrar e por certo, sua atitude de causar tal estrago, fez parte da jornada em busca de um caminho mais promissor. Assim, em primeiro lugar, tire da sua consciência qualquer peso ou culpa, já que você é apenas uma, entre outras bilhões de vítimas no planeta. Também saiba que estou longe de ser o seu salvador da pátria, mas, por certo, posso servir para que mais um degrau seja vencido, pois aqui estou cumprindo minha missão de ajudar, mesmo carregado de limitações.
    Quanto à acupuntura, saiba que existem também muitos níveis de desenvolvimento e conhecimentos nessa arte e cada acupuntor, dentro do seu patamar poderá te orientar, fazendo o que pode, sempre no seu limite de evolução. Já que veio ao meu encontro e estou à distância sabendo pouco a seu respeito, digo que precisa acreditar no potencial de recuperação do seu organismo e permitir através de atitudes que ele possa fazer seu trabalho naturalmente. Navegando no meu site, verá que disponho de uma infinidade de textos para garimpar. São ensinamentos bem fundamentados e também estruturados pela minha longa experiência como terapêuta, conferencista e facilitador de pessoas em diversos cursos. Se preferir, tenho também o Curso Livre Individual de Autoajuda com programação personalizada, cujo conteúdo está quase todo publicado aqui no site ou na minha escrivaninha do Recanto das Letras.
    Gosto de fazer uso da intuição para escrever e um pouco inspirado, acabei me estendendo, porém, espero que tenha percebido minha pureza de intenções ao ler todo o conteúdo, pois, fluiu visando atender sua solicitação sem a intenção de promover minhas fontes de rendimentos.
    Abraços, paz e bênção
    Egídio Garcia Coelho
    Holoterapeuta-RTA 9094384

  16. Eu não sabia que na orelha havia pontos de acupuntura quando fiz os furos.
    Na orelha esquerda tenho 9 furos, e na direita tenho 7.
    Na verdade, o que passou a me incomodar, e não sei se tem alguma relação, é que antes, eu era uma pessoa bem calma. Hoje, sou pavio curto, não tenho paciência nenhuma, me estresso com facilidade.
    Será que é por causa dos furos?
    Já faz mais de um ano que retirei os brincos, para ver se surtia algum efeito, mas nada aconteceu. Continuo muito nervosa. E sensível.
    Como posso harmonizar? Poderia fazer algum novo furo, em um ponto que viesse harmonizar o estrago que causei?
    Por favor, me ajude.

  17. Oi Nanci!
    Primeiro expresso minha gratidão pela sua manifestação aqui, pois, todo conteúdo publicado tem minha autoria ou mesmo sendo de outros autores, está em concordância com minhas convicções. E isso toma um bom tempo de pesquisas e estudos práticos. Assim, é gratificante saber que houve uma conspiração universal capaz de fazer com que eu tenha tido méritos para receber uma visita na minha escolinha virtual.
    Sou terapeuta holístico e parapsicólogo, aluno também de acupuntura, aprendendo com minha mulher que vem estudando e praticando tal arte há quase seis anos. (Pretendo acrescentar um mapa de auriculoterapia nessa publicação.)
    Quanto ao restabelecimento de furos na orelha, no meu entendimento, as seqüelas que poderão resistir ao processo de recuperação do organismo, serão irrelevantes para o atual nível de desenvolvimento que alcançamos.
    E também determinadas seres, podem ferir seu corpo físico sem que haja interferência no fluxo de energias componentes do seu veículo aqui na terceira dimensão do denso mundo material. Podemos ainda acrescentar as milagrosas curas de pacientes terminais com câncer que misteriosamente retomam suas forças vitais, restabelecendo, ás vezes, até mesmo um órgão mutilado por intervenção cirúrgica, dado ao elevado nível de conexão divina (com sua essência) a ponto de nada mais se detectar com exames da mais alta tecnologia disponível.
    Logo, para os níveis de entendimento e compreensão que normalmente alcançamos, principalmente no ocidente, é pura suposição ficar afirmando algo sobre restabelecimento do corpo, pois, sempre vai depender do desenvolvimento de cada um em relação aos poderes que somos agraciados pela Fonte da Criação.
    Para ilustrar, aprendi que uma das funções da barba no homem é ser escudo de proteção, principalmente para comunicadores de grupos ou massas de pessoas e que o mesmo acontece com os seis* da mulher. Porém, o complexo por falha anatômica ou forças gravitacionais que os* fazem apontar de maneira deselegante, inibem tal função que pode ser restabelecida numa cirurgia reparadora, trazendo à mulher as forças que deram origem a expressão “mete os peitos”. É comum mulheres buscarem auto-afirmação turbinando suas mamas, porém, devem saber que, mesmo encostando nos joelhos, tendo uma perfeita conexão cósmica, permanecem ativos. Vale ressaltar que o câncer de mama na mulher é devastador.
    Na qualidade de terapeuta holístico, acabei me estendendo na resposta que saiu de forma intuitiva e acredito servir para mostrar que seremos eternos interrogadores, pois, na incansável busca, a cada instante diante das poucas respostas bem formuladas que recebemos, novas perguntas brotam infinitamente…
    Abraços, paz e bênção
    Egídio Garcia Coelho

  18. Muito interessante.
    Faço acupuntura e acho a medicina chinesa maravilhosa. Já havia pensado que furar as orelhas poderia interferir em processos orgânicos, assim como as agulhas interferem.
    Gostaria de saber o seguinte: quando não são usados, os “furos” fecham. Será que as conexões se restabelecem?
    O ponto de vista do nascimento em determinada cultura sob o cuidado de pais pré-determinados também é bastante interessante.
    No entanto, na minha vida se deu justamente o contrário. Quando minha filha era adolescente e quis furar a orelha (pois eu não havia feito isso quando ela nasceu) eu, que também não tinha a orelha furada, acabei furando a minha também.

  19. Oi Filipe!
    Ao longo da nossa existência vamos fazendo descobertas, vão nos impondo condicionamentos e dogmas. E muito mais… Porém, são diversos os níveis de desenvolvimento espiritual das pessoas e cada um segundo seu patamar vai atendendo suas necessidades. Assim também, será minha resposta. Dentro do meu patamar de entendimentos digo que o melhor lugar para um brinco é sempre na exposição da loja. Mutilar um corpo por vaidade se faz, por ignorância. Uma criança inocente pode ser mutilada por vontade dos pais, porém, num mergulho mais profundo, ela mesma escolheu seus pais antes da concepção para que sua missão fosse possível numa existência humana (terrena) e, portanto, já podia prever parte dos costumes e rituais, dentro da cultura que viria a efetivar sua fecundação.
    Quando alguém busca se auto-afirmar em conseqüência de conflitos internos, por mais discretos que possam ser, o faz, pelo caminho externo (vícios/prazeres, mutilações, etc…) por falta de informações ou capacidade de entendimento e compreensão dos conhecimentos até então absorvidos ao longo da sua jornada. No meu entendimento, uma pessoa que é sempre guiada pela sua pureza de intenções, pode seguir o seu coração e ir preenchendo suas necessidades de forma coerente, como bem entender e só o tempo irá desvendando por méritos, os seus olhos, para que conquiste sempre mais um degrau no seu desenvolvimento. No percurso, pode se passar (não necessariamente) por maus hábitos, vícios, mutilações, etc… , sendo que aos outros não cabe o julgamento. Melhor conter impulsos ostentando um brinco, fazendo uma tatuagem, fumando ou bebendo, etc…, do que agir de maneira hipócrita, dentro dos padrões exigidos num enquadramento, precisando extravasar às escondidas de forma inconseqüente.
    E se acabei te deixando mais confuso, recomendo a leitura do meu texto “Arte, Beleza e Amor…” no link: http://www.motivacao.org/blog/5 sendo que também tenho publicado no Recanto das Letras, desde 22 de agosto de 2007.
    Abraços, paz e bênção
    Egídio

  20. Nossa!!! Que interessante isso. Realmente, eu não sabia de várias coisas daqui… Gostei muito!!!!
    Por favor, me mandem uma réplica.
    Ah! E eu penso em colocar um brinco pequeno na orelha.
    Por favor, me digam em qual é o local ideal e sem problemas para que eu possa colocar.
    Muito obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>